poetizando a solidão

Eu to viciada em Awkward. E logo depois que as provas passarem, eu pretendo me viciar em New Girl.
Hoje nao fiz definitivamente nada de produtivo, alem de comer chocolate, assistir, e acordar tarde. Mas isso è melhor que ir pra escola, porque aquilo la è uma merda, minha sala è tao “af” que da vontade de pular da janela. E ainda tem o Renato la, o que è um fator que complica ainda mais tudo aquilo.
EU NECESSITO DE UMA CAMISA DO BLINK 182!!!!!
E, de pulseiras de cordão, to amando pulseiras de cordao ( dona Alayde curtiu isso).
Sabado tem o aniversario da Mayara pra ir, e adivinha o tema? “One Direction”
eu to rindo, mas pra nao chorar, porque nossa, nao vejo graça naqueles cinco idiotas, e alem do mais, a festa dela vai estar lotada de “prè-prè-adolescentes” que nunca nem beijaram (acredito eu, porque pode se esperar tudo dessa geraçao) e se acham maduras o sulficiente pra discutir comigo (crianças amam discutir comigo, incrivel).
Pelo menos la tem wifi e um shopping a menos de 1km. Gloria Deus.
Hoje passei o dia pensando no Libero, sonhando acordada com um cara que acho que seria o esteriotipo perfeito que eu criei na minha mente, e no Matheus. Eu to ficando è louca, sinceramente. Nenhum dos tres lembra da minha existencia, alias, nem o cara que eu criei deve se lembrar de mim, o que è assustador, ja que ele nao existe. Omg.
Vou descrever ele, olha:
Aparencia: Mais alto que eu, cabelo castanho, meio cacheado, mas liso, uma coisa muito doida. Branquinho tipo eu, um sorriso timido (nao posso sonhar?), olho castanho, bochechas de tamanho normal, porem apertaveis. Nao tao forte, mas tambem nao tao magro.
Jeito: fofo, engraçado, educado, culto, caseiro, safado na medida certa, bom estilo musical, puxa muito assunto, me entende, e toca um instrumento musical. (Ta, eu acho que esse carinha ai è uma fusao de Libero com Matheus, mas foda-se) queria que ele existisse, tava feita na vida. Como isso nao vai acontecer (acho que to lendo/assistindo muita comedia romantica, eca) eu preciso cair na real, e aceitar que aqui em Mogi so tem menino funkeiro. Se nao funkeiro, galinha. E se è o tipo perfeito, olhe sò, è feio. Pq vida pq.
Enfimmm, tchau.

Oi diario
chorar no banheiro, tomar banho, filosofar no tumblr, deitar na cama e pegar o celular pra desabafar no bloco de notas ja esta se tornando rotina. Eu to meio triste sabe? è que to me sentindo idiota, MUITO idiota mesmo. percebi que meus amigos fazem amizade com a mesma facilidade de que eu tenho de me viciar em series. (Ou seja, è rapido pra caralho, eu to viciada em Awkward). A jessica me tratou como idiota, infantil, problematica e orgulhosa desde que me conheceu, e eu, so percebi isso agora, sim, em pleno 2014. Nao que em algumas situaçoes desde 2009 eu nao tenha percebido isso, mas agora era fato comprovado. Fui manipulada a fazer coisas, nao que eu nao tenha pensamentos proprios, cada um faz o que quer. Resumindo, ela me induzia, e eu, como tenho a cabeça fraca (admito), caia como uma idiota, em historias, roubadas etc. CARA, ELA QUE ME ARRANJOU PRO LUCAS ALEXSANDRE, se nao fosse por ela, o pior dia da minha vida nao teria ocorrido. ELA FOI NO SHOW DO PARAMORE COM A CAROLINE VITORIA (minha maior inimiga, odio eterno a essa vaca). Se nao fosse por ela, eu teria me conformado em ficar no Placidina ano passado, e estaria no segundo ano agora, eu repeti de ano por causa de uma pessoa que nao se importa comigo, porque na primeira oportunidade que ela teve de mudar pro adventista, ela foi na maior cara de pau, , e disse que encontrou uma melhor amiga la, ve se pode. Devia ter ouvido meus pais, como eu sou idiota.
Entao..eu realmente to focada em fazer amigos, colegas, reforçar as amizades que me restam, sei la, passar pelo ensino medio, sem me causar mais dor do que eu ja passei. (Vou tentar, okay? okay) - da serie flertando comigo mesma, amor proprio è tudo.
Mudando de assunto, eu realmente to com saudade do Libero. Isso deve ser algum tipo de crise adolescente, mas to levando em conta que nunca mais vou encontrar alguem como ele. (Choro)
Ele me escutava, argumentava. Sinto falta de alguem realmente apaixonado por mim, to com saudade de tambem amar alguem como eu amei ele, incrivelmente ate como eu amei o renato, era tao puro (platonico, mas puro). To com saudade de ser feliz, de chegar de uma festa, de passear com meus pais sem brigar com a minha mae. To com saudade do tempo que eu nao brigava com a minha mae…eu to percebendo que a felicidade esta no AGORA, ok, ja percebi isso, mas como eu sou feliz no agora, se nada do que eu tenho agora me deixa feliz? a historia da minha vida è perceber que a felicidade tava na minha cara, e depois que eu perder essa porra de felicidade, dar valor, E FICAR TRISTE? ai nao to aguentando mais, so queria saber se sei la, o menino que eu sonho vai aparecer de novo na minha vida com um pacote de salgadinho, ou sei la, se vou encontrar um amigo de verdade. NADA MAIS A DECLARAR, tchau
(Essa ultima parte ficou meio confusa, mas foda-se)


4 months ago 0 notes · reblog
Eu o amo, já virou doença,são tantas falsas promessas,tantas ilusões,mentiras,mas ao mesmo tempo ocorrem declarações indiretas,troca de olhares,e dois apaixonados tímidos,sem coragem,com falta de uma coisa essencial chamada ATITUDE. Mas acho que é tudo precipitação da minha parte.. cada ato dele tem um reação negativa ou positiva sobre mim,mas infelizmente,as negativas prevalecem.Eu tento esquecê-lo,voltar meus pensamentos a outros assuntos,mas quando cruzo meu olhar com o dele,parece que o meu chão desaparece,e tem um turbilhão de sentimentos sobre mim,e eu volto a acreditar no impossível .“ Ele me ama?” me pergunto apenas para sustentar minha ilusão,respondo “Sim”,e volto a estaca zero.Eu tento esquecer aquele rostinho lindo..mas até agora,não consegui.. Eu quero, eu preciso dele! Mas parece que ele não quer, e nem precisa da minha amizade,e muito menos do meu amor. Mas eu vou continuar acreditando em boatos, continuar me fazendo de boba! Quem sabe um dia, depois de sofrer muito com um amor não correspondido,ele descubra,que eu fui a pessoa que mais o amou a vida toda,que eu fui a única que o defendia,a única que ignorava os defeitos e apenas ressaltava as qualidades,a única que mesmo sofrendo por dentro,e tentando ser forte,com um sorriso no rosto disse: “Eu estou bem,não me importo! Tomara que depois de muito tempo ele se apaixone perdidamente por mim,e eu esteja feliz em outra etapa da minha vida,não amando mais ele,ele vai sentir na pele o que eu senti,e se arrepender de cada palavra dita em vão,de cada atitude mesquinha! Mas para ver ele ter essa sensação eu deverei começar hoje,a não me apaixonar por cada sorriso dele,por cada respiração dele.É,é uma tarefa difícil,quase impossível,mas espero conseguir.Eu preciso valorizar meus sentimentos,e aprender a não doá-los a qualquer um..

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Sabe o que mais dói? É saber que enquanto eu estou pensando em você, em nossas antigas conversas,nas musicas mais dramáticas e apaixonadas,você esta ai,se divertindo procurando novos horizontes ,novas faces,novas histórias! Você esta seguindo a sua vida.. E sabe o que mais me perturba? É lembrar que enquanto você dizia que gostava de mim, eu não dei valor,eu apenas ignorei, pensando que seu amor por mim iria durar para sempre..mas não foi assim,e hoje em dia eu sei,deveria ter aproveitado enquanto podia,enquanto eu podia te chamar de meu,mesmo não sendo meu oficialmente,os seus sentimentos eram meus,os seus pensamentos eram meus..mas o tempo passou,e isso infelizmente mudou..você mudou..eu mudei..tudo mudou!
E eu só queria uma coisa de volta: o seu amor..

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Um sentimento inevitável chamado saudade.. ahh a saudade..aquela que faz você perder o foco do presente,e e te impede de construir o futuro,aquela que te deixa com um sorriso bobo,e um coração corroído por bons momentos,que nunca mais acontecerão.Talvez porque momentos nunca serão iguais,ou porque não seja possível tentar revive-los novamente!
Todos nós temos uma voz, uma musica,uma cena,guardada dentro da alma.. Tenho quase certeza de que, você irá olhar para traz,e perceber que um período da sua vida,foi jogado fora,por conta de sentimentos mal resolvidos..não deixe o tempo passar mais do que já passou,o agora,é a sua chance de mudar seu destino,e aumentar seu respeito a si próprio,fazer de você o autor da sua própria história.
Cresça,evolua,ensine,se divirta,faça palhaçadas, amigos verdadeiros,aperte campainhas e saia correndo,se declare pro seu amor,e se ele não te quiser,mande ele se foder porque não sabe o que está perdendo,se valorize,mande aquele seu inimigo pra puta que paril,cante bem alto no meio da rua,pra todo mundo te ver feliz,ou te chamar de louco talvez..isso não importa,a opinião alheia não interessa! Seja você mesmo, faça suas próprias oportunidades,faça de VOCÊ o foco principal da sua vida,porque se você não pensar em você em primeiro lugar,quem ira pensar? Reflita seus atos, aprenda com os erros,valorize pequenos momentos,porque são eles que realmente valem a pena.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Eu te amo, mais do que eu queria ,mais do que eu podia , e muito mais do que eu demonstro.É um sentimento puro ,totalmente ingênuo, e sem nenhuma chance de ser correspondido. Talvez porque minha atitude pode ser igualada a zero. Ou porque uma pessoa menos tímida que eu, já roubou seu coração..que diga-se de passagem,já foi meu,sem eu ter feito absolutamente nenhum esforço ,além de não ter dado nenhum valor naquele momento..Mas o que fazer para lhe reconquistar? Não faço idéia, sinto que todos os meus esforços,irão ser em vão, pelo simples fato,de que não basta eu me aproximar de você,eu preciso tentar,me superar em todos os sentidos! Superar minhas dificuldades,os meus defeitos..tentar derrubar essas barreiras psicológicas e concretas,que me impedem de te ter. Bom, espero que quando eu estiver ao seu lado, eu leia esse texto, e veja o quanto foi bom ter mudado certos defeitos meus..o quanto foi bom,ter lutado por esse amor que parecia impossível.Ou posso ler esse texto,e rir de tudo isso,e claro,olhar para trás, com a certeza que todas as dificuldades que aparecem na vida,servem apenas de aprendizado,para que quando a felicidade bater á minha porta,eu dizer: Esperei muito por você,e finalmente você chegou,sem interrupções,sem ilusões,você chegou para tornar o resto da minha vida,o que eu sempre sonhei!
Essa felicidade que eu tanto espero, pode não ser vivida com você,mesmo que isso seja um dos meus maiores desejos.Mas não importa,tenho certeza que de alguma maneira,irei aprender a corresponder a tudo aquilo que for demonstrado á mim.Mas de qualquer forma..ainda espero por você,na esperança,que eu te faça feliz.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Você já chegou ao ponto de chorar de raiva? Eu já.. naquele momento o que eu mais queria era que as pessoas que estavam contra mim,apenas explodissem! Eu admito, não sei discutir, pelo simples fato de que sempre tive uma vida tranqüila,isolada e sem grandes emoções. Eles me julgam por eu não ser “barraqueira”, não ter grandes argumentos. Mas alem de discutir, o que eles fazem? Porque eu imagino que eles ganhem a vida com pequenas discussões diárias para ter tanta revolta assim, Eu apenas tenho pena desses pobres coitados que acham que a melhor coisa da vida é ver outra pessoa por baixo, porque não é! Eu acredito que a vida deles é totalmente frustrada, sem muitas alegrias,porque a infelicidade alheia é o que mais interessa aparentemente. De alguma forma eu agradeço a eles, pois se não fossem essas pequenas revoltas,eu não aprenderia tanto,a ser mais forte,a segurar o choro em momentos difíceis,eu não aprenderia a ser quem eu tento ser hoje. Mas quanto mais eu aprendo, mais eu ignoro,mais eu os supero. Com o simples ato de ignorar, eu ganho respeito e total auto admiração! Aos poucos eu vou ganhando mais confiança, e com isso,me elevo.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Saudade do tempo em que agente se falava,saudade do tempo que você tentava ir me ver,mais nunca dava certo,saudade daquelas conversas,das musicas,daquele tempo que algo existiu e não existiu ao mesmo tempo,saudade de um amor que aconteceu na nossa imaginação,mas infelizmente esse amor digamos,”platônico” acontece apenas na minha imaginação hoje em dia..
Queria poder voltar no tempo,corrigir meus erros,poder ter dado mais valor,a algo que eu tinha de verdade,mas nem sabia direito. Eu era muito boba,ou ainda sou, dava valor a quem não merecia,e deixava o meu príncipe de verdade a deriva..esperando pela mesma coisa que eu espero hoje,”amor correspondido”. Será que ele lembra de mim do mesmo jeito que eu lembro dele? Será que ele se tortura quando escuta alguma musica que eu gosto? Será que ele espera que eu goste dele? Eu tenho certeza que não,sou uma pagina virada,uma pessoa do passado,uma menina meio imatura,e apaixonada,iludida..
Sou muito infantil pra ele,sou muito tímida,e acho que ele não gostaria de mim desse jeito,sei la,não sei mais de nada,só espero que o destino faça seu papel,e que nessa história,a minha vontade seja feita,que ele lembre de mim quando escutar aquela musica que eu estava escutando..que ele lembre das nossas breves conversas sobre assuntos nada interessantes,mas que marcaram muito pelo menos a mim.Bom eu espero que você seja feliz,mesmo não sendo comigo,nada é como a gente quer né..
Mas eu só quero que você saiba de uma única coisa: Eu te amo,mais do que você pensa..

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Odeio mudanças. Odeio tudo que me obrigue a me adaptar ao novo. Odeio separações. Odeio distância. Odeio aquela sensação de exclusão,troca.. Odeio me sentir do jeito que estou me sentindo. Odeio. Odeio saudade. Odeio ter que recomeçar,sem ao menos ter forças para isso. Odeio ter que me isolar. Odeio ter que ser obrigada a me isolar. Odeio tudo o que está acontecendo na minha vida. Odeio não ser correspondida. Odeio ser ridicularizada. Odeio pessoas sem ao menos conhecê-las. Odeio matemática. Odeio perder para sempre alguém que preciso muito. Odeio sentir saudade de alguém que já se foi. Odeio chorar. Odeio chorar e não saber o porque,e as pessoas perguntarem o “porquê”. Odeio pessoas que criticam o meu gosto. Odeio pessoas falsas. Odeio pessoas que se acham. Odeio não ter liberdade. Odeio fazer as pessoas sofrerem. Odeio sofrer. Odeio matemática,já disse? Odeio minha escola. Odeio não poder voltar no tempo. Odeio ser nostálgica. Odeio ser tímida. Odeio o fato de eu não ter cabelo liso. Odeio ser estranha. Odeio amar ele. E odeio o fato de não conseguir odiar ele. Odeio! Odeio a palavra “Odeio”. Simplesmente Odeio.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
No vai e vem da vida,perdemos pessoas na qual estamos habituadas com a presença delas,e no momento em que elas partem,parece que uma parte de si mesmo foi embora.
Uma historia bem particular.” Era tudo tão perfeito. Num passado não tão distante,eu era uma pessoa feliz,tinha as melhores pessoas do meu lado,pessoas vem e vão. Alguns se vão para sempre,para a formaçao de um ciclo. Meu vô è um exemplo disso.Pra mim,a morte não devia existir para algumas pessoas,elas deviam ser eternas pelo simples fato de fazerem parte da vida de outras e serem especiais.
Tambèm tem aquelas pessoas que te deixam de uma hora pra outra,sem dar explicações,ou atè mesmo te dar um simples aviso. Elas meio que entram sem permissão na sua vida,e saem do mesmo modo que entraram,sem justificativas. Os corações não suportam tanto vai e vem. Pelo menos o meu não,eu sofro demais com separações,mudanças. Encarar uma nova rotina me assusta!
Seria perfeito se as pessoas viessem com um aviso:” validade na sua vida atè __/__/__ “, porque dai quando estivesse chegando perto da data,eu iria tentar me desapegar,me desconectar de uma realidade que não seria mais minha.
O que eu acho da saudade? Acho uma puta falta de respeito com o meu emocional. Porque? Pelo simples fato,de que ela não poderia existir! Acho desnecessaria,tão desnecessaria quanto a distancia,que è outra filha da puta,porque se não existisse a distancia,a saudade em alguns casos nao existiria. Sabe o amor? Então,se ele não existisse,não haveria problemas com a saudade e muito menos com a distancia,mas o amor nunca sera desnecessario,entao deixa ele quieto. Enfim,eu tentei dizer que esta tudo interligado no outro,e eu ainda continuo interligada nas pessoas que me deixaram,e eu sei que voce que esta lendo isso,tambem esta ligada em alguma pessoa incensivel que te deixou. Mas tentar se desapegar è a atitude mais sensata que tomariamos não è mesmo? È muito dificil,eu sei,mas não da pra viver em função de uma ilusão,desculpa.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog
Ta,eu admito,sou trouxa,idiota,infantil,mesquinha, egoísta,mimada,e os caralho a 4. Também admito que sou inconsequente. Me entrego demais,e me ferro na maioria das vezes,e quando acontece ao contrario é pior ainda.Porque quando a minha ficha cai,eu desabo em lamentações e crises existenciais que na maioria das vezes pessoas de 50 anos tem..então levando em conta a minha disposição e meu alto grau de ironia,chego a conclusão que tenho 50 anos.
Sou mais complicada do que um exercício matemático,porque nunca consigo exatidão nos meus sentimentos,sou mais incompreendida que um poeta apaixonado,sou mais esquematizada do que as estrelas no céu.Sério,não entendo essas coisas.Minha vida é uma bagunça,que nem eu mesma entendo,e o mais engraçado é que eu sinto que as pessoas tem a obrigação de entender cada lamentação minha. As únicas pessoas que realmente entendiam pelo menos um terço da minha insanidade,me deixaram,por obra do destino algumas,e outras por opção.
Acho que foi porque não suportaram o meu jeito,a minha bagunça,o mar escuro que é meu coração.
É..nem inspiração pra escrever mais eu tenho,minha vida aos poucos vem ficando cada vez mais oca,sem sentido,sem palavras que consigam construir os versos da minha vida.
Vida poesia. Não sei fazer poesia. O eu lirico da minha vida fugiu.As palavras ficam cada vez mais mornas,os sentimentos são levados com o vento e minha vida passa diante dos meus olhos e eu nem percebo.
A palavras são passageiras,tomo como exemplo disso o “para sempre” e o “eu te amo”. Aprendi assim,nesse meu longo caminho de 15 anos de vida,ou 50,não sei ao certo. Mas de uma coisa tenho certeza,sou trouxa,idiota,infantil,mesquinha, egoísta,mimada,e os caralho a 4. Eu,apenas eu,e as palavras jogadas ao vento.

lorena

4 months ago 0 notes · reblog

@ acumulou